Musical Local Hero Terá Novas Músicas de Mark Knopfler

Filme e disco de 1983 marcaram época

Em 1983 Mark Knopfler estava no topo do mundo como líder do Dire Straits, atraindo seguidores tanto pelo apelo (muito) pop de suas canções como também por sua habilidade na guitarra – o que lhe garantia também o respeito no meio musical. Uma rara combinação de sucesso de crítica e público.

A super exposição e o pendor para o lado pop podem não ter feito bem à imagem do grupo, mas a discreta carreira atual de Mark o redime com sobras. Sua voz e sua guitarra estão em ótima forma.

Em 1983, no auge da fama, o anúncio de uma trilha sonora composta pelo líder do Dire Straits causou rebuliço. Pode-se dizer que o disco causou interesse pelo filme. Sendo uma trilha sonora, e não um álbum solo, a audição não é tão empolgante assim. Mas o filme Local Hero (escrito e dirigido pelo cineasta escocês Bill Forsyth), assim como o disco, valem a pena.

Segue a ficha técnica do LP:

Mark Knopfler: guitar, synthesizer, percussion, drums
Alan Clark: piano, organ synthesizer
Mike Brecker: saxophone
Terry Williams: drums

Engineered by Louis Kramer
Mastered by Bob Ludwig
Photography by Frank Griffin
Produced by Mark Knopfler

Recentemente foi anunciado que Knopfler fará novas músicas para um musical de teatro baseado no filme, e isso causou nova agitação.

A nova peça de teatro do Local Hero deverá estrear no Royal Lyceum Theatre em Edimburgo, Reino Unido.

Recapitulando, Local Hero conta a história de um jovem representante da companhia petrolífera americana que é enviado ao norte da Escócia para negociar a compra de uma pequena cidade litorânea onde sua empresa planeja construir uma refinaria.

“Local Hero é uma daquelas grandes histórias escocesas que capturaram a imaginação de pessoas em todo o mundo, tem sido um dos meus filmes favoritos desde a primeira vez que vi isso, ainda um adolescente”, diz David Greig, diretor artístico do The Lyceum em um comunicado... “Ter a chance de revisitar esses personagens maravilhosos para ajudar a criar um musical é uma delícia absoluta, mas trabalhar com Bill Forsyth e Mark Knopfler … é um sonho que se torna realidade.”