Slide & Open D: como tocar “Sleepwalk”

revista-de-musica-accordo

Slide guitar. Hoje vamos abordar a afinação aberta em D. Para isso, vamos aprender a tocar um arranjo do clássico “Sleepwalk”, de Santo & Johnny. Este estudo nos permitirá visualizar as posições das Tríades Maiores e Menores no braço, além de nos ajudar no desenvolvimento de melodias horizontais potencializadas pelo uso do Slide.

Em sequência, da sexta à primeira corda (da mais grossa à mais fina), afinamos a guitarra da seguinte maneira: D – A – D – F# – A – D. Como acontece em qualquer outra afinação aberta, a simples execução de uma pestana irá gerar um acorde maior onde quer que nós nos posicionarmos no braço da guitarra. Isso é o que torna tão fácil usar o slide!

Optei por tocar a melodia de “Sleepwalk” livre das amarras do metrônomo: essa abordagem livre do tempo enfatiza a dinâmica e nos faz entender como o simples incremento de timbre dado por essa afinação preenche todos os espaços!

No início da peça encontramos tríades maiores e menores tocadas nas três primeiras cordas; o polegar adiciona o baixo na sexta corda. É importante considerar que todo o exercício é baseado na seguinte sequência de acordes: Ré (D – F# – A), Si menor (B – D – F#), Sol menor (G – B – D), Lá (A – C# – E).

partitura-de-sleepwalk
tablatura-de-sleepwalk
tablatura-de-slide-guitar

Concentre-se no efeito staccato e no acento na primeira nota do segundo grupo de colcheias: esses detalhes darão uma definição rítmica e enfatizarão as mudanças de acorde.

Ao tocar a melodia que se segue, tenha o cuidado de sempre equilibrar a execução inserindo os baixos nas cordas graves de vez em quando: eles devem sempre ser tocados com um leve abafamento com a palma da mão, para que os baixos não sejam muito invasivos. Deixamos cada nota cantar e ressoar o máximo possível, sempre lembrando que uma dose abundante de vibrato e reverb só tornará o resultado final ainda melhor!

Uma dica pequena, mas importante: tente tocar com um jogo de cordas mais pesado que o normal, pelo menos calibre 0.012 a 0.056.

De ALESSANDRO TAVEGGIA

Este trabalho está sob Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. Originalmente publicado no site Accordo.it – Traduzido e reproduzido por Musicosmos, com autorização. Saiba mais de Accordo.it no canal do YouTubeFacebookTwitterInstagram Spotify. Leia aqui o artigo original.