Van Halen 5150

Nesta lição, prestamos homenagem ao cara que muitos julgam ser o maior guitarrista de rock que há, o senhor Eddie Van Halen. Nesta homenagem daremos ênfase a uma fase específica da história da banda, a fase do álbum “5150”, disco que colocou o Van Halen no primeiro lugar das paradas e que marcou uma mudança decisiva em sua formação com a entrada de Sammy Hagar nos vocais. Como convidado especial, trazemos o guitarrista Alberto Bergonzoni da banda cult Gli Atroci.

Eddie Van Halen continua sendo um dos guitarristas mais inovadores da história do rock. Seu impacto no mundo das guitarras, no final dos anos 70, foi revolucionário: Van Halen foi capaz de sintetizar tudo o que havia de melhor, criando uma mistura explosiva: a classe pentatônica de Clapton, a verve do fraseado de Charlie Christian e o componente mais selvagem e criativo de Jimi Hendrix.

Tudo pronunciado com velocidade e massa sonora impensáveis na época, ainda hoje fascinantes e surpreendentes em termos de timbre e execução.

Nesta lição, propomos um solo no estilo de Van Halen que presta homenagem a uma fase específica da guitarra de Eddie, a do álbum 5150, lançado em 1986. O álbum marcou uma mudança decisiva de seu som, dos trabalhos anteriores mais extremos e agressivos em direção ao hard rock.

5150 marcou também a saída de Ted Templeman, produtor que tinha trabalhado nos primeiros discos da banda. O som tornou-se mais suave, cheio de efeitos e condensado na mix, mais próximo da estética pop típica da década de 80.

O playing de Eddie se adapta e onde antes ele havia impressionado com impetuosidade e a velocidade, agora conquista pela elegância, atenção aos acabamentos e escolhas melódicas.

O álbum também marca o fim da era de David Lee Roth, substituído nos vocais por Sammy Hagar, e fez com que o Van Halen chegasse ao primeiro lugar na parada da Billboard.

Um testemunho extraordinário desse período é o vídeo ao vivo gravado pela banda durante a turnê de promoção do álbum, “Van Halen – Live Without a Net”, que fotografa Eddie Van Halen em absoluto estado de graça, em seu momento artístico e guitarrístico: uma autêntica divindade com Floyd Rose e Humbucker na ponte.

Eddie Van Halen – Solo/Eruption – Live without a Net

Para esta lição, temos o prazer de receber o grande guitarrista de rock italiano Alberto Bergonzoni, conhecido por pilotar as seis cordas da louca banda cult de Heavy Metal “Gli Atroci”. Aqui está o solo composto por Alberto no estilo 5150:

solo-estilo-van-halen-pg1
solo-de-guitarra-estilo-van-halen-pg2

Deste solo, isolamos sete passagens importantes que detalhamos em transcrições dedicadas, acompanhadas pelas anotações enviadas por Alberto Bergonzoni.

Essa frase é tocada na terceira corda: a atenção à afinação do bend é fundamental para executar todas as notas corretamente. Observe o E tocado com harmônico artificial no início do segundo compasso: ele deve ser levado com um hammer-on na 9ª casa, pratique uma martelada leve com o dedo médio da mão direita perto do traste, enquanto a esquerda está no A na 2ª casa.
Aqui está uma sequência de tapping em tercinas de semicolcheias na primeira corda. O slide ascendente no F # no terceiro compasso é fundamental.
exemplo-de-tapping-estilo-van-halen
Mais tappings. A dificuldade deste lick é passar do movimento inicial em colcheias para o movimento seguinte em tercinas, mesmo que seja apenas uma escala maior simples.
Uma ideia rítmica para tocar um acorde E7. O fraseado deve ser tocado digitando com os dedos médio e anelar.
Essa passagem também deve ser tocada com os dedos médio e anelar, mas a dificuldade é que os baixos no A e F # devem ser palhetados com palm muting.
Agora preste atenção às acentuações e toque completamente staccato, usando a técnica de liberar a pressão da mão esquerda a cada palhetada.
van-halen-trecho-final-do-solo-estilo-5150
Palhete as 2 primeiras cordas e termine com slide do 2º traste ao 21º com um grande vibrato final!

Artigo originalmente publicado em Accordo.it. Traduzido e publicado por Musicosmos sob licença de Accordo. Leia o artigo original. Licença Creative Commons

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui