O violão e sua mística permanecem

O violão ainda gera um fascínio sobre os amantes da boa música, mesmo depois de todas essas décadas de nossos ouvidos sendo bombardeados por música de guitarra elétrica e sons eletrônicos, que adoramos. Os guitarristas amam tocar com os sons de timbres estranhos, de efeitos digitais, de distorção. O violão tem apenas o timbre dado a ele pela madeira da qual é feito e pela habilidade e inspiração do músico. Então vamos lembrar alguns solos de violão e nos violonistas que os fizeram populares.

Se você não conhece o nome Erik Mongrain, você vai encontrar alguns exemplos de seu talento em sites de vídeo na Internet – ouça o solo chamado Air Tap para ter uma ideia. Foi-lhe dado um violão quando tinha quatorze anos, e ele aprendeu a tocá-lo de ouvido. Enquanto aprendeu e experimentou com o instrumento, ele descobriu a técnica de deitar a guitarra em seu colo, percutindo as cordas e corpo para produzir música. Se você procurá-lo na Web você vai encontrar arquivos PDF de sua música e tutoriais sobre suas técnicas. 

Paco de Lucia levou ao mundo uma nova onda de flamenco na década de 1970 e abriu o caminho para toda uma geração de guitarristas flamenco que foram inspirados por sua paixão por escalas orientais e influências de jazz. Entre dos Aguas foi uma improvisação iniciada durante uma sessão de gravação, porque o LP na qual Paco e seus músicos estavam trabalhando ficara curto. A rumba resultante foi um hit em todo o mundo e estabeleceu Paco como uma força a ser levada em conta mesmo fora dos limites da música folclórica espanhola.

Paco de Lucia em Arles (França)
Paco de Lucia em Arles (França) em um show com John McLaughlin. CC 2.0

De volta na década de 1990 MTV decidiu persuadir Guitar Hero Eric Clapton a tocar algumas músicas sem os adornos fornecidos por uma guitarra elétrica e amplificador. O álbum resultante ganhou o Grammy Awards, deu à carreira de Clapton um renascimento e reinventou a canção Layla como um belo momento acústico. O solo em Layla está longe do tema original concebido por Duane Allman, que fez da canção um hino do rock.

No final da década de 1960 Mason Williams surpreendeu escrevendo e executando um solo de violão que se tornou um hit e permaneceu popular por décadas desde então. A melodia foi chamada de Classical Gas, e é impressionante para a sua simplicidade e apelo popular. Classical Gas nasceu em uma época em que os instrumentais como The Lonely Surfer, A Walk In The Black Forest e Love Is Blue foram hits de destaque para os músicos que eram até então desconhecidos. Mas apenas Classical Gas retém a capacidade de atrair a atenção dos ouvintes.

Fazendo seu próprio som

Então, se você toca violão e gostaria de aprender a tocar alguns solos, você pode usar a World Wide Web para aprender mais sobre as técnicas de solo para violão acústico.

Uma maneira fácil de começar é a técnica Clawhammer usada em canções folclóricas, técnica que vem do banjo, ou você pode aprender a improvisar suas próprias melodias usando o menor pentatônica ou escala “Blues”.

Se você tem um bloqueio sobre como começar a improvisar ou compor suas próprias músicas, comece com uma rima popular, tradicional, que você conheça muito bem, e adicione notas a ela e a mudar as coisas ao redor da melodia principal para produzir algo original. Comece reproduzindo a linha vocal e então você ficará livre de padrões de escala tediosos, e certamente fará algo agradável aos ouvidos. Isso é um ótimo começo.

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição 4.0 Internacional.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui