Não há dúvidas de que o mundo do violão e da guitarra não é muito afeito a inovações, muitas vezes novas tecnologias são apresentadas e custam a receber a aceitação geral. Quando novos conceitos são implementados, muitas vezes não são bem vistos pelos usuários.

Isso não é tão estranho, considerando que ainda existem guitarras que em mais de 60 anos não sofreram modificações significativas e ainda são as mais populares.

Por outro lado, as empresas não podem parar de pesquisar e desenvolver novos modelos que lhes permitam obter alguma vantagem competitiva em um mercado em que a demanda é relativamente estática e onde já é difícil crescer.

Neste ponto, é preciso dizer que a Fender sempre foi uma empresa de vanguarda, especialmente em seus primórdios, e que – com maior ou menor sucesso – vem propondo novas idéias e conceitos no mundo da amplificação e do violão/ guitarra.

Neste sentido, em 2019 a Fender lançou a Acoustasonic Telecaster, essencialmente um violão de cordas de aço que também oferece timbres muito próximos aos de uma Telecaster elétrica.

Vamos ver isso de perto. Assim como têm sido feitos amplificadores que emulam outros amplificadores através da modelagem, cada vez mais precisa, como seria se diferentes tipos de violões e guitarras elétricas pudessem ser emuladas no mesmo instrumento?

Construção, Braço e Escala

A Acoustasonic Telecaster é uma guitarra surpreendentemente chamativa, com um aspecto que se assemelha à Teleacustic em princípio, muito leve e com acabamentos atraentes.

Mas vamos em partes. Estamos diante de um violão ou de uma guitarra?

A mão e o braço são os mesmos de uma Telecaster, mas em mogno. O logotipo é gravado na mão, não é um decalque nem pintura, e as tarraxas são Fender Standard Cast / Sealed Staggered. O nut é Graph Tech TUSQ e mede 42,8 mm de largura.

O TUSQ é um material muito liso que reduz o atrito produzido pelas cordas quando são feitos bends, também é muito denso para conseguir uma melhor transferência de som e conteúdo harmônico. O acesso ao tensor Bi-Flex está na junção da mão com o braço, como de costume.

O braço tem um perfil em Modern Deep C com acabamento em verniz acetinado. Muito confortável, surpreende por ser tão agradável ao toque. A escala é de ébano, abriga 22 trastes Narrow Tall e tem os marcadores de bolinha nos lugares habituais.

fender-acoustasonic-telecaster

Corpo e eletrônica da Acoustasonic

O violão é construído com o braço aparafusado, com um neckplate galvanizado onde é estampado o número de série, o logotipo da Fender e a origem californiana da guitarra.

O corpo tem o perfil de uma Telecaster, é oco e possui um recorte para que o músico possa poiar confortavelmente o braço.

O tampo é feito em Sitka Spruce (abeto) sólido. O acabamento é em poliéster Satin Matte, na nossa amostra com a cor Sonic Gray – também estão disponíveis as cores Sunburst, Natural, Black e Surf Green. Todos contrastam bem com a cor do mogno, que é a madeira usada nas laterais e no fundo.

O bracing é transversal e a roseta da boca é decorada com dois anéis em preto e branco. A ponte de ébano sustenta um rastilho compensado e pinos Graph Tech TUSQ.

Na parte de trás encontramos as tampas de acesso à eletrônica, uma eletrônica que sem dúvida é uma das características mais relevantes da Acoustasonic.

A eletrônica embarcada. Fotos: Cutaway

A Acoustasonic possui 3 sistemas de captação que compõem o coração da guitarra: o Transdutor Fishman UnderSaddle, o Fishman Acoustasonic Enhancer e um captador magnético Fender Acoustasonic Noiseless. Para o bom funcionamento deles, é adicionado o processador Acoustic Engine, que permitirá gerar, selecionar e combinar simulações de diferentes formatos de corpo e de diferentes madeiras. É co-desenhado por Fishman e Fender e usa tecnologia semelhante ao sistema Aura da Fishman.

Para tudo isso, devemos adicionar o SIRS (Stringed Instrument Resonance System, ou Sistema de Ressonância de Instrumento de Cordas) incorporado ao tampo e que ajuda a aumentar a expressividade do instrumento.

Há 3 controles, um volume, um potenciômetro “mod” para selecionar entre 2 opções A / B (que substitui o Tone de uma Telecaster) e uma chave de 5 posições que pode selecionar timbres, que incluem:

  • Posição 5A: um dreadnougth de rosewood com um tampo de abeto.
  • Posição 5B: um auditrium palorrosa com tampo de abeto alpino.
  • Posição 4A: um corpo pequeno de bordo (maple) com um tampo de abeto Engelmann.
  • Posição 4B: um dreadnougth de mogno com tampo de abeto.
  • Posição 3A: um dreadnougth de jacarandá brasileiro com tampo de abeto.
  • Posição 3B: adiciona um captador ao modelo 3A.
  • Posição 2A: um dreadnougth de mogno com tampo de abeto.
  • Posição 2B: mistura o 2A com o captador elétrico.
  • Posição 1A: oferece o som limpo de uma guitarra Fender elétrica.
  • Posição 1B: fornece o som crunch de uma guitarra Fender elétrica.

Para alimentar os componentes eletrônicos, ao lado da entrada normal há uma porta USB que se conecta a uma bateria interna recarregável com duração de 20 horas. Quando o jack é inserido, um LED vermelho acende.

Sonoridade e Conclusões

Este violão é voltado para o guitarrista que procura uma ferramenta de trabalho que proporcione versatilidade e seja funcional para quem precisa de sons acústicos e elétricos, considerando a praticidade de ter um instrumento tudo-em-um.

Ele tem um agradável toque de madeira, é confortável e macio de tocar, ainda mais fácil se você comparar com o tamanho dos corpos das guitarras e violões que ele emula. Não é de “plástico” ou artificial como acontece com alguns instrumentos nessa mesma onda.

Desconectado logicamente tem uma projeção sonora limitada dado seu tamanho, mesmo assim o tampo vibra como em qualquer violão acústico, tem seu ponto orgânico.

Para explicar a versatilidade dos sons da melhor maneira possível, optamos por gravar um vídeo descritivo e deixamos você com ele a seguir.

  • Fabricante: Fender
  • Modelo: Telecaster Acoustasonic
  • Corpo: tampo em abeto maciço, laterais e fundo em mogno
  • Braço: mogno
  • Escala: ébano
  • Trastes: 22
  • Nut: Graph Tech TUSQ
  • Ponte: ébano
  • Hardware: cromado
  • Tarraxas: Fender Standard Cast/Sealed Staggered
  • Captadores: Fender Acoustasonic
    Noiseless + piezo Fishman + Fishman Acoustasonic Enhancer
  • Controles: Volume e seletor de modo
  • Jack de Entrada: lateral

José Manuel López


Artigo original de Cutaway Revista de Guitarras. Traduzido por Musicosmos e publicado sob licença de Cutaway. Todos os direitos reservados.


Nossos Comerciais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui