Olmir Stocker – biografia e transcrição de Choro Feliz

Alemao-olmir-stocker

Mais conhecido como “Alemão”, Olmir Stocker nasceu na cidade de Taquari, no estado do Rio Grande do Sul em 17 de junho de 1936. Pertencendo a uma família profissionalmente circense, viajou pelo Brasil e outros países da América do Sul ainda quando criança.

Começou a tocar violão aos sete anos de idade e ganhou a sua primeira guitarra quando servia o exército, presente de um oficial militar. Como músico profissional trabalhou na rádio de Porto Alegre, onde teve que diversificar a sua atividade acompanhando conjuntos regionais, duplas sertanejas, quartetos vocais e cantores em geral. Mudou-se para Curitiba para trabalhar com o quinteto do acordeonista Breno Sauer e, ainda no final da década de cinqüenta, transferiu-se para São Paulo, onde reside atualmente atuando ainda como músico e professor.

capa-do-disco-plural-de-olmir-stocker-o-alemao
Capa do álbum Plural, de Olmir Stocker (Alemão)

Ao longo de sua carreira acompanhou e gravou com cantores de renome da música brasileira e estrangeira, como Vicente Celestino, Agostinho dos Santos, Francisco Alves, Orlando Silva, Gregório Barros, Pedro Barras, Ângela Maria, Elis Regina, Nelson Ned entre outros.

Stocker possui uma vasta experiência profissional, “já me apresentei em mais de 23 países passando pelos 5 continentes em mais de 160 concertos, inclusive o Festival de Jazz de Montreal, tocando minhas composições nos ritmos brasileiros (samba, xaxado, baião, choro, valsa) e vários outros com jazz” (STOCKER apud CAILET, 2012, p.23).

A diversidade de trabalhos, junto com a exigência da profissão, proporcionou uma forma particular de improvisação no guitarrista autodidata que, mesmo influenciado por músicos de jazz como os guitarristas Barney Kessel e Johnny Smith, sempre buscou a sonoridade brasileira. Com dez discos instrumentais lançados, sendo sete de sua autoria exclusiva, Olmir Stocker destaca-se não apenas como instrumentista com seu fraseado brasileiro, preciso e bem articulado, mas também como compositor que valoriza a diversidade da linguagem musical brasileira. Segundo Stocker, citado por Cilete, “com o tempo vi a evolução da nossa música em geral, onde assumi a brasilidade com a certeza de que a nossa música e os nossos músicos estão entre os melhores do mundo” (STOCKER apud CAILET, 2012, p.23).

Choro Feliz, de Olmir Stocker, executada por Gabi Gonzalez

Choro Feliz

Choro Feliz é a nona faixa  disco Plural, por enquanto o penúltimo trabalho de Olmir Stocker. Assim como todos os discos instrumentais de sua autoria, a obra esbanja brasilidade e bom gosto podendo ser considerada mais uma forte referência para a guitarra brasileira. Contando com a participação de ótimos músicos em todas as faixas, a música Choro Feliz foi gravada em forma de quarteto com Miguel Assis (bateria), Lis de Carvalho (piano) e Fernando Rosa (baixo). A transcrição apresenta o seu tema composto por três partes AABBC, de acordo com a gravação do disco Plural.

Transcrição da música Choro Feliz, de Olmir Stocker

partitura-de-choro-feliz-de-olmir-stocker-pagina-1
Choro Feliz – Página 1

choro-feliz-tablatura-olmir-stocker
Choro Feliz – Página 2
olmir-stocker-o-alemao
Alemão (Olmir Stocker)
gabi-gonzalez
Gabi Gonzalez

Nasci em São Paulo, aos catorze anos comecei a tocar guitarra e desde 1995 tenho a Música como profissão. Tive a sorte de estudar e me formar em guitarra na antiga Universidade Livre de Música "Tom Jobim", onde fiz aulas com grandes músicos e professores, entre eles Olmir Stocker, o Alemão, que me incentivou na prática da composição, tenho dois discos instrumentais de minha autoria já lançados: Morro do Eixo (2012) e Com Elas (2018). Sou pós-graduada em Educação Musical pela FIC, atualmente dou aulas particulares e no Conservatório Souza Lima. Especialista em Música Popular pela Faccamp, produzi um TCC sobre o Alemão e o incrível grupo Medusa.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui