A primeira informação que precisamos ter sobre amplificadores de guitarra, é que esses equipamentos são muito específicos. Eles não  são meras caixas genéricas para reprodução. Eles são feitos especialmente para um som de guitarra.

Todo o circuito dos amplificadores é idealizado para produzir um timbre para o instrumento. Por isso o som deles é  mais agradável do que o som de uma guitarra plugada direto na mesa ou numa caixa genérica.

Fender Deluxe

Configurações:

Os amplificadores de guitarra podem se apresentar em duas configurações: combo ou cabeçote + caixa

Combos:

Uma caixa compacta com o cabeçote e o alto falante juntos. Muito comuns para ensaios e estudo em casa. Devido à  sua praticidade e portabilidade.

Cabeçote + caixa:

Equipamentos maiores e mais potentes. Muito usados em shows e estúdios de gravação. Devido à sua capacidade de potência e sua alta qualidade e definição, em virtude do número maior de válvulas.

Valvulados e transistorizados

Podemos dividir os amplificadores em dois tipos: valvulados e transistorizados. O som dos valvulados é mais dinâmico, (permite ao guitarrista impor mais ou menos intensidade sonora conforme toca com a mão direita), mais vivo (tem som mais orgânico e presente) e mais quente (sonoridade mais “cremosa” e espessa).

Isso não quer dizer que os transistorizados não sejam bons. Mas eles produzem um som mais linear, embora possam ter toda a fidelidade e pureza de um bom som de guitarra.

AC30, da Vox

As duas escolas 

Podemos dizer que existem duas escolas de amplificadores, a americana e a inglesa.

A americana se resume basicamente nos amplificadores da Fender – tendo também o Mesa/Boogie. Eles se caracterizam pelo som cristalino e brilhante. Daí a cor da pele dos amplificadores da Fender ser prateada. Isso não foi coincidência.

Já os amplificadores ingleses tem uma característica sonora mais escura, definida e com mais agressividade. Tendo como principais representantes os amplificadores  Marshall, Vox e Orange.

Os amplificadores de guitarra tornam o universo da guitarra  mais fascinante, complexo e rico.

Assista a um vídeo  sobre amplificadores de guitarra no meu canal do YouTube.

Curso online de guitarra:

7 Passos para Você Criar Solos Incríveis

Trabalho autoral no Spotify:

No Ronco dos Motores

Você também pode se interessar por:

Foto de capa: Chris Roddy / Domínio Público

anserson-paiva-a-essencia-da-guitarra
Anderson Paiva

Cantor, compositor, guitarrista, professor de guitarra & violão, colunista de música e produtor de jingles.

Toca guitarra e canta desde os 15 anos de idade. Suas maiores influências sempre foram os grandes mestres da guitarra e as grandes bandas das décadas de 60 e 70.

Toda a influência do Rock Clássico, do Blues e do instrumental, ele trouxe para suas composições, assim como também para seus métodos de ensino.

Participou do Festival de música e ecologia de Ilha Grande em 2019, com a música "É uma ilha, Ilha Grande". (Clipe no canal do YouTube) Composição selecionada entre quase 400 de todo o país para se apresentar ao vivo na categoria "Ecologia".

Ao longo da sua experiência de mais de vinte anos como guitarrista e professor, desenvolveu um método simples e direto de fazer o aluno que já toca guitarra aprimorar a criatividade e o sentimento.

Este método está no curso online 7 Passos para Você Criar Solos Incríveis.

Seu canal no YouTube traz todo um conteúdo aprofundado sobre o universo da guitarra. Com muitos tutoriais, documentários e um curso de guitarra gratuito sobre o estilo do mestre Jimi Hendrix, "Licks Between Chords".

Tem também um trabalho autoral, onde além de compositor, atua também como cantor e guitarrista. Está disponível em todas as plataformas digitais.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui